Planalto confirma Armando Monteiro como ministro do Desenvolvimento

Indicação de Monteiro conta com o apoio da indústria e é uma busca da presidente Dilma Rousseff de aproximar seu governo do empresariado

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Proposta ainda vai passar por outra análise e, depois, irá para a Câmara
Geraldo Magela/Agência Senado
Proposta ainda vai passar por outra análise e, depois, irá para a Câmara

O Palácio do Planalto divulgou nota nesta segunda-feira (1º) confirmando a indicação do senador Armando Monteiro (PTB-PE) como ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Ele é o quarto ministro a ser anunciado para o segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. Antes, Joaquim Levy foi anunciado o novo ministro da Fazenda e Nelson Barbosa, o novo ministro do Planejamento.

A indicação de Monteiro conta com o apoio da indústria e é uma busca da presidente Dilma Rousseff de aproximar seu governo do empresariado, que fez críticas ao estilo intervencionista da petista durante o primeiro mandato.

Dentro da mesma lógica, Dilma convidou a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) ocupar o Ministério da Agricultura. A presidente deseja melhorar o relacionamento com o agronegócio.

Carreira

Armando Monteiro, que foi presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria) entre 2002 e 2010, foi candidato a governador de Pernambuco, mas perdeu para Paulo Câmara (PSB) no primeiro turno.

Ele deve conceder uma entrevista nas próximas horas no Palácio do Planalto. Em nota, a presidente agradece a dedicação do ministro Mauro Borges e informa que ele permanecerá até a conclusão da transição.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave