Guarda Municipal bebe, se irrita com som alto e atira em vizinha em BH

Suspeito não teria gostado de uma festa que acontecia em um bar perto da sua casa; vítima pediu socorro para atirador, mas ele se negou a ajudar e fugiu

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Um guarda municipal de 31 anos é suspeito de atirar contra uma vizinha, na madrugada desta segunda-feira (1º), no bairro Nova Gameleira, na região Oeste de Belo Horizonte O homem, que estava com sinais de embriaguez, teria se irritado com o som alto de um bar.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, acontecia uma festa no estabelecimento comercial localizado na rua Carlos Schettino. No começo da madrugada, o guarda saiu no portão da sua casa e, por causa do volume da música, começou a efetuar disparos na rua.

Uma mulher de 58 anos, que conversava com uma amiga, mas não estava na festa, foi atingida duas vezes na região dorsal. Ela foi socorrida por populares e encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Oeste.  Seu estado de saúde não foi divulgado.

Após efetuar os tiros, o homem fugiu e ainda não foi localizado. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão do Barreiro;

A reportagem de O TEMPO fez contato com a central da Guarda Municipal de Belo Horizonte, mas foi informada que não havia nenhum responsável para comentar o caso.

Vítima pediu ajuda para suspeito

Ainda conforme o registro da polícia, ao perceber que havia sido baleada, a vítima, que já conhecia o guarda, pediu para que ele a socorresse. Porém, o suspeito negou ajuda e fugiu sem prestar socorro.

Populares informaram aos militares que atenderam a ocorrência que, em outras situações, o guarda já havia feito disparos na rua de casa. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave