Homem morre após briga de torcidas na Espanha

Confronto entre as duas torcidas ocorreu próxima ao estádio Vicente Calderón, casa do Atlético, em Madri, capital espanhola

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Um homem de 43 anos morreu após uma briga entre os torcedores do Atlético de Madrid e do Deportivo La Coruña neste domingo (30), na Espanha.

De acordo com o hospital espanhol onde o torcedor foi levado, ele apresentava marcas e ferimentos causados por uma briga. O confronto entre as duas torcidas ocorreu próxima ao estádio Vicente Calderón, casa do Atlético, em Madri, capital espanhola.

O homem era torcedor do Deportivo La Coruña e faria parte de uma torcida organizada do clube. Segundo autoridades, ele foi retirado das proximidades do estádio e levado a um hospital, mas morreu poucas horas depois.

A polícia espanhola afirmou que prendeu dois acusados pela briga. A partida entre os clubes ocorreu normalmente e o Atlético derrotou o Deportivo por 2 a 0. Em nota oficial, o Deportivo La Coruña expressou "as mais sinceras condolências e o apoio aos familiares do torcedor".

Após o jogo, os presidentes dos dois clubes foram juntos à coletiva de imprensa e condenaram a violências das torcidas.

Leia tudo sobre: violência no futebolcampeonato espanholmortetragédialuto