Máximo de pontos possíveis

Se vencer neste domingo, a Raposa será o time que mais pontuou no Nacional de pontos corridos com 20 times

iG Minas Gerais | Bruno Trindade / Diego Costa |

Chance. Goleiro Elisson diz que os jogadores que não costumam jogar como titulares vão dar tudo neste domingo para mostrar serviço
MARIELA GUIMARAES / O TEMPO
Chance. Goleiro Elisson diz que os jogadores que não costumam jogar como titulares vão dar tudo neste domingo para mostrar serviço

Pela terceira vez – a segunda seguida, o Campeonato Brasileiro por pontos corridos termina com cinco estrelas brilhando forte no topo da tabela. Após sobrar em 2003 e em 2013, o Cruzeiro voltou a conquistar o título neste ano. Tal feito vem gerando vários recordes da Raposa ao longo das campanhas. E ainda cabe mais um para 2014.

Com 76 pontos, o tetracampeão terá dois jogos para chegar ao maior número de pontos desde que o Brasileiro passou a ter 20 clubes. A missão começa na tarde deste domingo, contra a Chapecoense, às 17h, em Santa Catarina.

Desde 2006, a principal disputa nacional conta com o número atual de participantes. Nesse formato, o São Paulo é o recordista de pontos. Fez 78 em 2006. Os comandados de Marcelo Oliveira estão perto dessa marca.

Além de encarar os catarinenses, ainda enfrentam o Fluminense, no jogo da taça, no próximo domingo, no Mineirão. Se vencer os dois jogos, a soma chega a 82 pontos. Caso conquiste duas vitórias, o aproveitamento será de 71,9%. Será apenas um dos feitos que o elenco do tetra já alcançou nesses dois anos mais que vitoriosos.

A pontuação deste ano já é a mesma da campanha de 2013. O aproveitamento atual é de 70,4%.

Para o jogo deste domingo, o técnico Marcelo Oliveira escalará um time alternativo. Após a busca da taça, o grupo está exaurido. Mas os atletas ressaltam que o último gás de fim de temporada será utilizado para chegar a outra marca histórica.

“Sempre é importante vencer. Se for para ir batendo recordes é melhor ainda. Para muitos, o Cruzeiro está de férias. Mas para nós, que jogamos pelo Cruzeiro, não. Para mim será uma final, vamos dar tudo pra vencer. Depois do último jogo do ano, contra o Fluminense, aí sim vamos extravasar e comemorar o tetracampeonato brasileiro”, destacou o jovem goleiro Elisson, que terá a missão de substituir o capitão Fábio.

No entanto, a equipe também terá que apresentar um desempenho melhor do que na reta final do tricampeonato. Com a confirmação do título ainda na 34º rodada, com 74 pontos, nos quatro jogos restantes, o time alcançou apenas dois empates e perdeu outros dois confrontos.

Elisson rechaça que a falta de entrosamento possa pesar no decorrer do embate. “Essa equipe não teve tempo de treinar, mas agora é conversar. Nós conhecemos os jogadores do grupo, treinamos o ano inteiro juntos, esperamos fazer uma grande partida contra a Chapecoense”, concluiu.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave