Após australiano, árbitro israelense morre ao levar bolada no críquete

Hillel Oscar não resistiu à pancada em mandíbula e faleceu dois dias após morte de jogador da Austrália

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Uma nova tragédia volta a colocar o críquete em evidência no mundo nesta semana. Depois do jovem jogador da Austrália Phillip Hughes morrer após levar uma bolada no rosto durante um jogo, o esporte teve uma nova vítima. Assim como o australiano, o árbitro israelense Hillel Oscar não resistiu a uma bolada na face e também acabou falecendo neste sábado.

Hillel Oscar, que chegou a ser capitão pela seleção de seu país, levou a pancada em sua mandíbula, em partida disputada na cidade israelense de Ashdod. Oscar chegou a ser levado a um hospital local inconsciente, mas não adiantou.

A bola da modalidade é feita de madeira, revestida com couro e pesa entre 156 e 163 gramas.

Na última quinta-feira, a morte de Hughes comoveu muito a comunidade australiana de críquete. No site oficial da Federação Australiana de Críquete, a entidade fez uma homenagem ao atleta e abriu um espaço para fãs e familiares postarem suas mensagens e compartilhar momentos com o jogador.

Leia tudo sobre: árbitrocriquetemorreisrael