Arthur Zanetti brilha, mas Brasil fica em 4º na Alemanha

O ginasta subiu no primeiro lugar do pódio da prova das argolas e no salto sobre a mesa, conquistando 15.850 e 14.900 pontos respectivamente

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O ginasta brasileiro mantém seu lugar entre os melhores do mundo
Ricardo Bufolin - CBG/divulgação
O ginasta brasileiro mantém seu lugar entre os melhores do mundo

Arthur Zanetti foi o melhor nas argolas e no salto sobre a mesa na disputa por equipes na Copa ENBW DTB-POKAL, em Stuttgart, mas ainda assim o Brasil terminou o campeonato, na Alemanha, na quarta colocação. Com 175.250 pontos, a equipe ficou atrás dos anfitriões, que conquistaram o ouro com 177.100 pontos, seguidos dos norte-americanos, em segundo lugar com 176.550 e dos japoneses, que completaram o pódio com 175.950 pontos.

Campeão olímpico em 2012, mundial em 2013 e atual vice mundial, o brasileiro conquistou o primeiro lugar nas argolas com 15.850 pontos, superando o 2º, o norte-americano Christopher Maestas, em 450 pontos. Os outros dois brasileiros que participara da prova, Lucas Bitencourt e Francisco Barreto Junior, conquistaam o nono e o décimo lugar respectivamente, co 14.100 d 13.350 pontos.

No salto sobre a mesa, o ginasta alcançou 14.900, mesma pontuação do alemão Helge Liebrich, e também subiu no primeiro lugar do pódio. O terceiro lugar ficou com o japonês Rikii Hoshimo e seus 14.800 pontos. Na mesma prova, Arthur Nory, co 14.650 pontos, ficou em quinto e, 200 pontos a menos ficou Lucas Bitencourt na sétima colocação.

Nas demais provas, o melhor resultado do Brasil foi nas barras assimétricas, onde Francisco Barretto conquistou o segundo lugar com 14.850, sendo superado pelo anfitrião Andreas Bretschneider, que somou 15.150.

O ginasta Sérgio Sassaki será o único representante do Brasil na final individua geral da Copa neste domingo (30).

Leia tudo sobre: Arthur ZanettiMundial de GinásticaBrasil