No tie-break, Minas arranca vitória do Sesi-SP fora de casa

Resultado mostra potencial do time, que voltar a brigar pelas primeiras posições da tabela de classificação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Minas foi mais consistente nos momentos decisivos do duelo
LUCAS DANTAS - DIVULGAÇÃO SESI
Minas foi mais consistente nos momentos decisivos do duelo

 

O Minas Tênis Clube ganhou do Sesi-SP na manhã deste sábado em partida da Superliga masculina, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo. O equilíbrio já previsto se confirmou e o time mineiro venceu no tie break (24/26, 25/23, 25/21, 18/25 e 15/12), em 2h25 de jogo. O cubano do Minas, Escobar, foi um dos destaques do jogo. O oposto marcou 27 pontos, saiu de quadra como maior pontuador e, ainda, com o Troféu VivaVôlei, para o destaque da partida.

Escobar chegou ao time como ponta, mas foi deslocado para a saída de rede em uma tentativa do técnico Nery Tambeiro de melhorar o rendimento. O então titular Franco foi sacado para a entrada do jovem ponta João Rafael, que correspondeu bem.  Nery elogiou o desempenho dos seus jogadores. “Nosso time já vem treinando bem há muito tempo, mas não conseguia colocar em prática dentro de quadra. Temos um grupo jovem, que oscilava muito. Hoje, conseguimos jogar bem próximo do que vínhamos treinando”, observou.

Pelo time da casa, o levantador Marcelinho lamentou o desempenho e disse que já direciona o foco no próximo compromisso. “Foram muitos altos e baixos das duas equipes e o Minas conseguiu ter uma consistência maior. Eles aproveitaram a chance que tiveram e conseguiram uma vitória importante. Agora, vamos tentar corrigir o que fizemos de errado para acertar para a próxima partida”, diz.

O JOGO

O cubano Escobar abriu o placar da partida para o Minas. O Sesi-SP, então, pontuou e, no bloqueio de Lucão, fez 5/3. E, no bloqueio de Otávio, a partida ficou empatada em 7 pontos. O jogo seguiu equilibrado. O time da casa abriu dois pontos de vantagem em 13/11. O Minas buscou e, mais uma vez, no bloqueio de Otávio o jogo ficou empatado em 13/13. Foi com mais um ponto de bloqueio, dessa vez com Bruno Canuto, que o time mineiro fez 17/17.

No lance seguinte, com Theo, o Sesi colocou um na frente. A parcial seguiu disputada ponto a ponto (21/20). Em seguida, com aque de Otávio, o placar ficou igual em 23/23. No bloqueio de Theo, o Sesi fechou o primeiro set em 26/24.

Já o segundo set começou com o mesmo ritmo. As equipes estiveram empatadas em 4/4 bem no começo. E com ataque de Lucão, o time da casa assumiu o comando do marcador. No erro de saque do time paulista, o Minas conseguiu o empate em 9/9 e a disputa se manteve equilibrada. Depois do saque de Everaldo, o Minas conseguiu abrir dois de vantagem em 17/15 e, na sequência, com bloqueio de Flavio, 18/15. Com o central Lucão pontuando bem, o Sesi-SP encostou em 21/20. Só que o Minas seguiu melhor e fechou em 25/23. Assim como as anteriores, a terceira parcial começou disputada. No ataque de Lucarelli, o Sesi fez 5/4 e, na jogada seguinte, o cubano Escobar deixou tudo igual (5/5). Contando com erros do adversário, o time mineiro abriu três (11/8) e o técnico Marcos Pacheco pediu tempo. A vantagem do Minas seguiu em três pontos (16/13). Com Escobar explorando o bloqueio adversário, a equipe de Belo Horizonte fez 21/17. Para fechar, o time mineiro contou com mais um erro do Sesi e fez 25/21. Com três mudanças na formação, o Sesi entrou melhor no quarto set e fez 4/1. Com o levantador Thiaguinho, o oposto Rafael e o ponteiro Mão em quadra, o time do Sesi abriu 6/2, e o técnico do Minas pediu tempo. O time paulista seguiu no comando do placar e colocou o dobro de pontos em 14/7. O Sesi dominou o set e, no bloqueio de Maurício, fez 20/12. Depois, fechou em 25/18.

E o set decisivo começou com equilíbrio. O Sesi esteve na frente, mas, na bola de segunda de Everaldo, o Minas deixou tuto igual (5/5). Na virada de quadra, o cubano Escobar colocou o time mineiro com um ponto de vantagem (8/7). No ace de Maurício, o Sesi-SP voltou a assumir o placar em 9/8. Nery Tambeiro pediu tempo. Um novo empate em 10 pontos deixou a reta final do jogo ainda mais equilibrado. Depois do saque de Escobar, João pontuou e o Minas abriu 12/10. Na sequência, o time mineiro fechou com Bruno Canuto (15/12).

PRÓXIMAS PARTIDAS

O Minas voltará a Belo Horizonte para receber o líder da competição, Sada Cruzeiro, quarta-feira, às 21h30. No mesmo dia, o Sesi volta à quadra, quando enfrentará o Brasil Kirin (SP), em Campinas (SP).

A oitava rodada terá da Superliga terá prosseguimento neste sábado, com Montes Claros Vôlei (MG) e São Bernardo Vôlei, às 18h, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros, no Norte de Minas. E às 18h30, será o jogo entre Taubaté/Funvic (SP) e UFJF (MG), no Abaeté, em Taubaté (SP). E, às 20h, o São José Vôlei (SP) enfrentará o Brasil Kirin (SP), no Tênis Clube, em São José dos Campos (SP).