Até outubro, déficit de R$ 71 mi

iG Minas Gerais |


Marco Aurélio Crocco está preocupado com as contas
:FUNDEPAR / REPRODUCAO
Marco Aurélio Crocco está preocupado com as contas

A equipe de transição do governador eleito Fernando Pimentel (PT) começa a partir de agora a receber informações sobre as empresas estatais. Anteontem, os representantes do petista receberam os documentos referentes às finanças do Estado, após reunião com as secretarias da Fazenda e do Planejamento e Gestão.

O curioso é que a equipe de transição recebeu das mãos dos secretários Leonardo Colombini e Renata Vilhena, respectivamente, dados referentes ao período de janeiro a outubro. Enquanto isso, qualquer cidadão, inclusive os próprios integrantes da equipe de transição, podem acessar dados atualizados em tempo real no Portal da Transparência do governo do Estado.

“Recebemos os primeiros dados mais substantivos com relação às contas do Estado até outubro. O que se tem claro é que as despesas superam as receitas, neste período, em R$ 71 milhões”, afirma Marco Aurélio Crocco, que vem sendo cotado para assumir a Secretaria de Planejamento e Gestão a partir de janeiro. Os dados atualizados até ontem mostram que o resultado atual tem superávit de R$ 1,2 bilhão.

“É uma situação preocupante, mas precisamos olhar com mais calma e aguardar os dados até o fim do ano, mesmo porque dezembro tem pagamento do 13º”, completa Crocco. (LP)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave