Cortes reduziram despesas pela metade em novembro

iG Minas Gerais |

O mês de novembro vai fechar com resultado positivo para o governo de Minas. E isso não é fruto de um aumento na arrecadação do Estado. Pelo contrário. As receitas somaram, até ontem, R$ 4,15 bilhões, R$ 2 bilhões a menos que o mês de outubro.

No entanto, as despesas reduziram em mais de R$ 3 bilhões de um mês para o outro. Em outubro, os gastos foram de R$ 5,9 bilhões e, em novembro, somaram R$ 2,8 bilhões.

Praticamente todas as áreas sofrem com os cortes, inclusive as fundamentais, como saúde e educação. Para evitar entregar o mandato no vermelho à próxima equipe de governo, tudo indica que o governador Alberto Pinto Coelho (PP) deve continuar cortando na própria carne. (LP)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave