Filmes italianos em cartaz

Mostra Semana Venezia de Cinema traz a Belo Horizonte produções recentes e um clássico de Ettore Scola

iG Minas Gerais | Fábio Corrêa |

Clássico. Sophia Loren e Marcello Mastroianni protagonizam “Um Dia Muito Especial”, de Scola
Reprodução
Clássico. Sophia Loren e Marcello Mastroianni protagonizam “Um Dia Muito Especial”, de Scola

O Cine Belas Artes recebe, a partir de hoje, a décima edição da mostra Semana Venezia de Cinema, que traz à capital mineira cinco produções italianas que se destacaram, este ano, no Festival Internacional de Cinema de Veneza. Até o dia 3 de dezembro, será exibido um filme por dia, sempre às 19h, na sala 3 do Belas Artes. A entrada é gratuita.

Entre os cinco filmes que estão na programação, quatro fazem um apanhado do cinema contemporâneo da Itália: “O Jovem Fabuloso”, de Mario Martone; “Itália em um Dia”, de Gabriele Salvatore; “A Sopa do Diabo”, de Davide Ferrario; e “Eu Estou com a Noiva”, de Agugliaro, Del Grande e Al Nassiry.

Já o quinto é um clássico do cinema italiano, de volta ao alcance do público: “Um Dia Muito Especial”, de Ettore Scola, que recebeu o prêmio de melhor filme restaurado na 71ª edição do Festival de Veneza.

Além de Belo Horizonte, a Semana Venezia seguirá por Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo, depois de ter estreado nacionalmente no dia 25 deste mês, em Brasília. O encerramento será em São Paulo, no dia 15 de dezembro.

Drama. “Um Dia Muito Especial”, considerado pela crítica como obra-prima de Scola, abre o festival esta noite em Belo Horizonte. Lançado originalmente em 1977, o filme conta com os ícones Sophia Loren e Marcello Mastroianni no elenco – além de uma oportuna participação de Alessandra Mussolini, sobrinha de Loren e neta do ditador Benito Mussolini.

Ambientado na Itália fascista, às vésperas da visita de Adolf Hitler ao país, o filme conta a história de um romance frustrado entre os vizinhos Antonieta, dona de casa, e o radialista homossexual Gabrielle.

Com duas indicações ao Oscar (melhor filme estrangeiro e melhor ator) e um Globo de Ouro no currículo, a produção foi restaurada em formato digital pela Cineteca Nazionale di Roma e será exibida hoje, às 19h, na sala 3 do Belas Artes.

Um dos mais prestigiados do mundo, o Festival Internacional de Cinema de Veneza é o mais antigo do gênero: sua primeira edição foi realizada em 1932.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave