Recuperação de todo o entorno vai custar cerca de R$ 280 mi

iG Minas Gerais |

Todo o processo de revitalização da lagoa da Pampulha levou em conta mais do que a recuperação da qualidade das águas. Estão sendo feitas obras de infraestrutura como iluminação, instalação de ciclovia e reforma de prédios históricos.

Ao todo, as melhorias custarão aproximadamente R$ 280 milhões, com investimentos do município, do Estado e do governo federal, segundo informações do vice-prefeito, Délio Malheiros.

Desse montante, R$ 30 milhões estão reservados para a limpeza da água da lagoa da Pampulha, que, conforme cronograma da Sudecap, será feita com intervenções e processos corretivos dentro do próprio espelho-d’água.

Os outros R$ 250 milhões já foram investidos nas obras da Copasa de interceptação de esgoto (R$ 110 milhões estaduais e federais); no desassoreamento da lagoa (R$ 110 milhões); e com as obras de revitalização de praças e prédios públicos, a instalação da ciclovia e outras intervenções arquitetônicas (R$ 30 milhões). (CB)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave