PM inicia operação Natalina visando coibir assaltos

Ação começou ontem em algumas cidades da região metropolitana; reforço será até 4 de janeiro

iG Minas Gerais | jhonny cazetta Viviane rochA |

Ontem, militares patrulhavam avenida João César de Oliveira
Alex de Jesus / O Tempo
Ontem, militares patrulhavam avenida João César de Oliveira

A operação Natalina da Polícia Militar (PM) começou ontem em algumas cidades da região metropolitana. O objetivo da ação é levar mais segurança aos consumidores e diminuir o número de assaltos, que costumam ser mais frequentes nesta época em função das compras para as festas de fim de ano.

“Os policiais ficarão nas ruas para reprimir a ação dos criminosos e orientar a população em relação à prevenção. Também serão distribuídos panfletos com dicas de segurança”, afirmou o major Marcelo de Melo, assessor de comunicação organizacional da 2ª Região da Polícia Militar de Minas, que atende as cidades de Betim, Contagem, Ribeirão das Neves, Ibirité e Igarapé. Em Belo Horizonte, a operação deverá ser lançada na semana que vem.

Para atender esses cinco municípios, houve um incremento de 471 militares. Desses, 224 irão trabalhar em Contagem. Ontem, a reportagem esteve na avenida João César de Oliveira, no bairro Eldorado, uma das áreas comerciais mais movimentadas da cidade. Diante da maior presença de policiais nas ruas, comerciantes se dizem esperançosos com a redução de assaltos.

“O que a gente não pode reclamar agora é que não tem policial. Espero que isso afaste as pessoas erradas daqui e que tenhamos um período de vendas do Natal muito tranquilo. No ano passado, vi alguns assaltos. Eu mesmo fui (assaltado) duas vezes. Acho que esse policiamento deveria continuar ao longo do ano”, disse o comerciante Alexandre Vieira, 47.

Denúncias. Uma outra orientação da PM é que as pessoas fiquem atentas a possíveis suspeitos de roubos e denunciem à polícia. “Essa interação é importantíssima para ajudar a polícia na repressão dos crimes. Através do telefone 181 a população pode denunciar e ajudar muito”, explicou o major. A ação será encerrada no dia 4 de janeiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave