Erros científicos em “Parque dos Dinossauros”

iG Minas Gerais |


Cientista reclama que Diabolus Rex – híbrido de T-Rex, velociraptor, cobra e lula – tem polegares
Reproducao / Universal Pictures
Cientista reclama que Diabolus Rex – híbrido de T-Rex, velociraptor, cobra e lula – tem polegares

Nova York, EUA. O trailer do filme “Parque dos Dinossauros”, fez um rebuliço não só no mundo do cinema, mas também no meio científico. Muitos especialistas em paleontologia e em outras áreas estão reclamando de que a superprodução, que apresenta a grande atração do filme, o Diabolus Rex – híbrido de T-Rex, velociraptor, cobra e lula – exibe diversos erros científicos e históricos.

“Parece que o grande vilão tem polegares. É. Um dinossauro, enorme, inteligente, carnívoro e com polegares soa como uma ótima ideia”, disse Brian Switek, autor do livro “Meu Amado Brontossauro”, indignado com a caracterização do monstro.

Já Morgan Jackson, um blogueiro e pesquisador de insetos no Canadá, ficou muito irritado ao perceber que o filme mostra uma mosca crane (caracterizada por suas pernas longas) presa dentro da pedra de âmbar que aparece no primeiro filme da série, quando deveria ser um mosquito. “Querido Jurassic World, entomologistas são reais. Por favor, pergunte-nos porque mosquitos são diferentes de moscas de pernas longas”, escreveu no Twitter.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave