Estrangeiros fazem campanha

iG Minas Gerais |

Baan Klang. Os estrangeiros têm uma participação importante na campanha de erradicação do comércio: celebridades britânicas como Ricky Gervais e Judi Dench aparecem em um vídeo, postado na Internet em outubro, condenando a prática. Em grande parte, a Watchdog e a organização a que pertence, a Soi Dog – “soi” significa “viela” em tailandês – funcionam graças a doações feitas nos Estados Unidos e na Europa.

Um dos principais objetivos do grupo ativista, fundado por holandeses e britânicos que moram na Tailândia, é castrar as legiões de cachorros de rua do país.

John Dalley, um dos fundadores, conta que um argumento que sempre ouve é o de que o consumo da carne canina deveria ser incentivado porque, além de ser tradição em certas culturas asiáticas, poderia diminuir o número da população de vira-latas.

“Não tem nada a ver com diferenças culturais. É uma atividade horrenda e cruel do início ao fim. Os animais ficam confinados em gaiolas e não é raro que, ainda vivos, sejam jogados nos panelões de água fervente.”

A polícia de Sakon Nakhon admite que geralmente os cães são tratados de forma cruel. (TF/NYT)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave