El Nacional, Barcelona

iG Minas Gerais |

Recém-inaugurado, o restaurante El Nacional já é um sucesso em Barcelona
Renato Quintino/divulgação
Recém-inaugurado, o restaurante El Nacional já é um sucesso em Barcelona

Aberto há apenas um mês e sucesso absoluto em Barcelona, o El Nacional – que sai de uma travessa do Passeio de Garcia – é um complexo de luxo com quatro restaurantes e quatro bares, numa área de 3.500 metros quadrados, construído num edifício histórico do modernismo catalão que abrigava um antigo estacionamento.

Bar de ostras com champagne e cavas, bar de tapas, padaria e confeitaria se unem a restaurantes que dividem sua especialidade em carnes. Tem o La Braseria – com destaque para a bisteca – , o La LLotja, em que cliente escolhe o peixe fresco na hora, além de uma “vermuteria”, um bar de cervejas, um bar de vinhos e uma coquetelaria.

O lugar impressiona por sua instalação, tendo a proposta de atingir um nível de excelência em tudo, assim como a arte de tirar o melhor chope e a execução correta dos coquetéis clássicos de autor, além de ser um metting point de vinícolas nacionais e de ter ostras para todo tipo de público.

Em uma cidade que nos últimos 20 anos foi o epicentro da gastronomia mundial, por meio do trabalho liderado por Ferran Adria e pelos irmãos Rocca, em que a exigência pela comida bem-feita e profissional é alta, o El Nacional é um projeto ambicioso e competitivo, que entrou na cena gastronômica da cidade e impactou.

O empreendimento é divulgado em um jornal próprio, escrito em catalão e distribuído lá mesmo, enfocando o lugar como o primeiro multi-espaço gastronômico do país (Catalunha? Espanha?) que é aberto todos os dias do ano.

No La Braseria, entre as opções, encontram-se cortes de entrecote, filé e à mitajana (como a bisteca fiorentina) para duas pessoas, além do steak tartar e da Hambuguesa de búfalo. No La Llotja, peixes e frutos do mar são servidos nas versões la planxa (vieiras com verduras da terra, por exemplo), la graella (turbot e polvo), fritos (lulas à andaluzia mar e montanha) e al vapor, sem esquecer o item clássico em que se destaca a paella.

Na Taperia, as opções são muitas; na Paradeta, encontra-se uma proposta de delicatessen fina com sanduíches, frios e charcuteria de alta qualidade, além de pequenas tortas salgadas. Aos fins de semana a espera para entrar é grande. O lugar fica lotado de gente interessada em badalar, comer e beber bem.

Barcelona tem uma das noites mais animadas do mundo. O El Nacional é hoje uma visita obrigatória. O lugar, com certeza, veio para ficar.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave