Belotur lança edital para patrocínio do Carnaval

Empresas interessadas terão que bancar serviços e segurança em eventos oficiais

iG Minas Gerais | Camila Bastos |

Multidão. Prefeitura espera 1,5 milhão de pessoas nas ruas da capital nos quatro dias de festividade
UARLEN VALERIO / O TEMPO
Multidão. Prefeitura espera 1,5 milhão de pessoas nas ruas da capital nos quatro dias de festividade

Depois que um milhão de pessoas ocuparam as ruas da capital para curtir o Carnaval de 2014, a prefeitura lançou ontem um edital para que duas empresas possam em patrocinar a folia popular. Para o ano que vem, quando a festa acontecera na segunda quinzena de fevereiro, a Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur) espera que o número de foliões aumente 50%. No ano passado, a festa teve apenas um patrocinador.

As instituições privadas serão responsáveis por oferecer ou custear serviços de infraestrutura, como banheiros, segurança, logística e divulgação nos eventos oficiais da prefeitura, que ocorrem nas regionais, além de pagar uma verba de, no mínimo, R$ 20 mil. A prefeitura não informou o valor total que será destinado para subsidiar o Carnaval de 2015.

Outros tipos de licitação para patrocínio menores também devem ser abertas pelo município, mas ainda não há previsão de data ou mais detalhes sobre o procedimento. “A intenção é democratizar o Carnaval de Belo Horizonte, para que todas as empresas interessadas possam participar”, disse a gerente do Departamento de Estudos Mercadológicos da Belotur, Ana Gabriela Baêta.

Discordância. Representantes dos blocos de rua da cidade, no entanto, questionam a organização do Carnaval de 2015 e alegam que a população está sendo deixada de lado enquanto, segundo eles, a prefeitura se apropria da festa popular. “Tivemos apenas uma reunião que durou menos de meia hora”, reclama Rodrigo Castriota, que participa de diversos blocos.

Cronograma

Desfiles. Em 2014, 186 blocos se cadastraram na Belotur e seis escolas de samba desfilaram na avenida Afonso Pena. Para 2015, a previsão é que 200 blocos e nove escolas se apresentem na capital.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave