Ex-diretor da Assembleia do Paraná é preso

iG Minas Gerais |

Brasília. O ex-diretor da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) Abib Miguel foi preso ontem, no aeroporto de Brasília, quando recebia cerca de R$ 70 mil do administrador de suas propriedades no estado de Goiás.

Bibinho, como é conhecido, estava com ordem de prisão temporária expedida pela Justiça em Curitiba.

Ele foi condenado a mais de 37 anos de prisão somando duas ações que tramitaram contra ele, e outros, por associação em organização criminosa que promovia a nomeação de pessoas para cargos em comissão na Assembleia Legislativa, sem que elas efetivamente prestassem serviços. A remuneração dos funcionários fantasmas era repassada para os chefes do esquema.

A Operação “Argonautas” cumpriu cinco mandados de prisão temporária, 14 mandados de busca e apreensão e três conduções coercitivas e investiga a lavagem do dinheiro desviado da Alep.

A operação, que foi feita em parceria com Gaecos do Distrito Federal, Goiás, Amapá e Rio Grande do Sul, pretende ainda identificar e apreender fazendas, máquinas, produção agrícola e dinheiro para cumprir a determinação judicial de sequestro e bens.

Segundo as investigações, Bibinho foi apontado como a figura principal do esquema de contratações irregulares no Legislativo paranaense.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave