Receoso, Dátolo revela provocações de cruzeirenses via Whatsapp

Meio-campista revelou esta situação mostrando as mensagens aos jornalistas após dar entrevista coletiva na sala de imprensa da Cidade do Galo

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Dátolo deixou a sua marca contra o Cruzeiro
NIDIN SANCHES / O TEMPO
Dátolo deixou a sua marca contra o Cruzeiro

Depois da final da Copa do Brasil conquistada pelo Atlético, o meia Dátolo e outros jogadores do Atlético começaram a receber mensagens por meio do aplicativo Whatsapp de torcedores do Cruzeiro com os mais variados xingamentos e brincadeiras de mau gosto.

O próprio meio-campista revelou esta situação mostrando as mensagens aos jornalistas após dar entrevista coletiva na sala de imprensa da Cidade do Galo nesta sexta-feira, na reapresentação do grupo após o título do torneio nacional.

Ainda de acordo Dátolo, por enquanto, nenhuma ameaça mais grave foi feita. Contudo, ele já pensa em alterar o número de seu celular para evitar maiores chateações.

O caso, porém, ainda chegou à comissão técnica ou diretoria do clube. Pelo menos é o que relata o treinador Levir Culpi.

“Não, sinceramente não sabia. Queria até parabenizar pelo o que aconteceu aqui no futebol mineiro neste ultimo mês. O Cruzeiro conseguiu o título do Brasileiro e eu não vi nenhuma confusão. Com o Atlético a mesma coisa. Queria até parabenizar a polícia inclusive”, afirmou Levir.

“É claro que incomoda. É caso de polícia. Eu não aceito isso. Vou procurar me inteirar dessa situação. Não pode acontecer isso, pelo contrário. O esporte tem de unir e não desagregar”, finalizou o técnico.

Leia tudo sobre: futebol nacionalatléticogalodátolocopa do brasilameaçascomemoração