Valorizando a educação em busca de uma sociedade melhor

Colégio Paulo Freire surgiu há quase 20 anos, a partir do sonho de uma educadora com pensamentos modernistas, e vem conquistando cada dia mais famílias contagenses

iG Minas Gerais |

Tudo começou em 1995, com um projeto ousado e diferente da pedagoga com ênfase em crianças portadoras de necessidades especiais, pós-graduada em psicopedagogia e em neurociências, Maria Adair Batista Castro. Atuando na área da educação há mais de 30 anos, ela sonhava em construir uma prática pedagógica diferente em uma escola aberta, onde os alunos tivessem prazer em frequentar e participassem de atividades lúdicas para assimilarem ao máximo os conteúdos. “Não foi nada fácil para a época convencer os pais dessa nova proposta, quando os mesmos estavam acostumados com a escola conteudista. Outra dificuldade era encontrar profissionais capazes de ajudar a sustentar essa proposta. Passei então a fazer a capacitação desses professores e percebi a dificuldade de compreenderem que quanto mais a criança pudesse experimentar, tocar, brincar, maior seria o seu desenvolvimento global e seu prazer em aprender”, recorda.

E foi assim que, nos fundos da casa da educadora, nasceu o Colégio Paulo Freire, que atualmente tem duas unidades – uma no bairro Novo Progresso e outra no Cabral – e conta com 85 funcionários, sete estagiários e mais de 860 alunos – do maternal ao ensino médio.

Entendendo que o ato educativo vai além dos processos cognitivos, o Colégio Paulo Freire assume uma perspectiva de integrar ações que visem trabalhar com os alunos todos os aspectos relacionados à formação do indivíduo como um todo, pautada em ações da prática da cidadania, da ética e todas as dimensões do ser humano. Interagindo com conteúdos que podem alicerçar o projeto de vida emocional, intelectual, social, profissional e existencial dos alunos para que compreendam que a história de cada um constrói a história de toda a humanidade. “Nos preocupamos com a formação de cidadãos críticos, conscientes e capacitados para serem agentes transformadores de toda a sociedade para o bem coletivo não só do país, mas do mundo”, ressalta Maria Adair – idealizadora e proprietária intelectual do projeto político-pedagógico do colégio.

Como educadores e apaixonados pelo ideais de Paulo Freire, o colégio acredita que o ensino não pode continuar acontecendo como simples transmissão e repetição de conteúdos prontos. “Um trabalho educacional em sintonia com princípios éticos-políticos deve partir dos conhecimentos prévios do aluno, aguçar o estuda com curiosidade, exercitando o prazer de pensar, construindo, reconstruindo e dando significado ao compartilhar conteúdos trabalhados, ou seja, fazendo relação entre o conhecimento das diversas disciplinas”, pontua.

 

Matrícula

As matrículas para o próximo ano letivo já podem ser realizadas nas unidades do Colégio Paulo Freire. O atendimento está sendo feito das 7h20 às 12h ou de 13h às 17h30. Pais que tenham dois ou mais filhos matriculados podem conseguir desconto nas mensalidades. Mais informações: (31) 3357-5288 ou (31) 3394-4164.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave