Diversão em casa

Cada vez mais despojados e autênticos, projetos com foco no lazer estimulam a interação

iG Minas Gerais | Ana Paula Braga |

Inspiração. No projeto do arquiteto Luíz Fábio, destaque para a mesa de pôquer em laca branca e madeira
Daniel Mansur/ DIVULGAÇÃO
Inspiração. No projeto do arquiteto Luíz Fábio, destaque para a mesa de pôquer em laca branca e madeira
O tamanho da casa ou do apartamento realmente não importa quando a intenção é se divertir, seja ao lado da família ou dos amigos. Neste caso, sempre há diferentes possibilidades para compor ambientes que conseguem imprimir, de fato, não só a personalidade dos moradores e as vivências da casa, mas também o hobby ou alguma atividade de lazer preferida e que merece ser compartilhada. Alguns espaços, inclusive, se transformam em verdadeiros refúgios e pontos de encontro que despontam rumo ao título de melhor lugar da casa.    Curtir um som bacana, almoçar com amigos, fazer um churrasco, assistir a um jogo de futebol ou embalar um bate-papo regado a comes e bebes são deliciosos pretextos para aproveitar ainda mais o lugar onde se vive. Pensando nisso, é crescente a demanda por projetos de arquitetura e design de interiores dedicados ao lazer e à diversão, tudo sem precisar sair de casa.   “Acredito que a diversão pode ser considerada uma tendência, já que as pessoas têm passado mais tempo em casa, até mesmo por questões de segurança. O aumento da demanda por espaços dedicados ao lazer, mesmo em apartamentos, é um reflexo disso. O importante é saber o que o morador quer, e, com a orientação profissional, não é complicado criar algo assim”, afirma a designer Laura Santos.   A sala de jogos projetada pelo arquiteto Luís Fábio de Araújo é um bom exemplo que serve de inspiração para quem pretende criar um ambiente convidativo, confortável e que mantém um diálogo com móveis de luxo e peças de design.   “Na minha concepção, um espaço com esse propósito deve oferecer estímulos à convivência e não é para ser desfrutado sozinho. A ideia é criar um ambiente onde o despojamento conviver em harmonia com a elegância. Outra característica é o conforto, pois o que se espera é que as pessoas se joguem ali, no sofá ou no tapete, e não tenham vontade de sair”, diz.   

Leia tudo sobre: diversão e lazer em casa