Victor confia na eficiência defensiva do Galo para garantir o título

Arqueiro também está ciente que terá de saber lidar com a pressão vinda das arquibancadas, que estarão lotadas de cruzeirenses

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Victor não quer saber de salto alto frente ao combalido Palmeiras
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Victor não quer saber de salto alto frente ao combalido Palmeiras

O Atlético inicia a batalha final contra o Cruzeiro pela taça da Copa do Brasil com a vantagem de 2x0 construída no primeiro duelo na Arena Independência, mas se engana quem pensa que o Galo se fechará na defesa e irá apenas bloquear as ações do arquirrival, abdicando o ataque.

Esta é a realidade apontada por todos os jogadores que sentam na cadeira da sala de imprensa da Cidade do Galo para responder as perguntas dos jornalistas. Diante deste questionamento, o goleiro Victor se agarrou no estilo aguerrido do Atlético, elogiando o comprometimento de todo o time para garantir que o sistema defensivo mantenha-se como um rocha intransponível para que o ataque possa trabalhar com mais tranqüilidade.

“Não vejo como um mérito apenas do sistema defensivo. Toda a equipe é comprometida com a marcação. Isto de certa forma ajuda muito o trabalho da defesa. Mesmo tendo características ofensivas, a gente não sofre muitos gols até pelo comprometimento de todos”, disse Victor.

Além de enfrentar a qualidade do Cruzeiro dentro de campo, o arqueiro também está ciente que terá de saber lidar com a pressão vinda das arquibancadas, que tendem a estar lotadas de cruzeirenses no Mineirão.

“Sabemos que enfrentaremos uma pressão muito grande e sei que posso ter de trabalhar muito. Meu intuito é ajudar muito o Atlético para sairmos com o título”, finalizou.