Corpo de taxista é encontrado carbonizado em porta-mala no Sul de MG

Vítima é um idoso de 61 anos; nenhum suspeito foi localizado; homem saiu de casa para fazer corrida e não voltou

iG Minas Gerais | Fernanda Viegas |

Um taxista, de 61 anos, foi encontrado morto e carbonizado, no porta-malas de seu veículo, em uma estrada, na zona rural de Ibiraci, no Sul de Minas Gerais, nessa terça-feira (25). Até o momento, nenhum suspeito pelo crime foi preso.

A Polícia Militar (PM) compareceu no KM 15, depois de ser informada que havia um carro às margens da via, pegando fogo. No local, os militares encontraram o carro em chamas, totalmente queimado, mas, mesmo assim, foi possível decifrar a placa. A partir dessa informação, os policiais descobriram que havia uma queixa de furto, em relação ao veículo, e que ele pertencia a Sebastião Vitor. O corpo do homem foi encontrado carbonizado dentro do porta-malas do Classic.

Os militares foram à casa da vítima e conversaram com a mulher dele. Ela contou que ele saiu, levou um passageiro em um igreja na zona rural, voltou para casa, jantou e depois saiu dizendo que buscaria o mesmo passageiro para trazê-lo de volta a cidade. Contudo, não retornou para casa.

Os policiais ainda procuraram pelo suposto cliente indicado pela mulher da vítima e ele negou que tenha solicitado corrida. Além disso, um irmão de Vitor disse aos militares que viu quando o parente recebeu uma ligação e que ele teria marcado de pegar uma pessoa em uma estrada no sentido Claraval. Depois que saiu de casa, porém, a vítima não foi mais vista pelos familiares, que não sabem o porquê de alguém ter o matado.

Leia tudo sobre: taxistacorpocarbonizadoporta-malas