Alex Silva se espelha em final da Recopa para levar taça da Copa BR

Lateral lembrou o jogo decisivo contra o Lanús em que a vantagem era do Atlético, porém a equipe argentina não deu moleza ao time atleticano

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Lateral sabe da dificuldade de se competir com Marcos Rocha,  para ser titular no time de Levir
BRUNO CANTINI/ ATLÉTICO-MG
Lateral sabe da dificuldade de se competir com Marcos Rocha, para ser titular no time de Levir

A trajetória do Atlético na Copa do Brasil foi marcada por jogos difíceis e viradas históricas sobre o Corinthians e Flamengo, resultados que deram a classificação ao time alvinegro, para a final da competição contra o Cruzeiro. E no primeiro jogo, quem saiu na frente foi o Galo: 2x0 sobre o rival celeste, no estádio Independência. Agora, o time alvinegro terá que administrar a vantagem para se consagrar campeão pela primeira vez do torneio.

Essa não é a primeira vez este ano, que o Atlético sai na frente de seus adversários e precisou administrar a vantagem no jogo de volta para sair vitorioso. Na final da Recopa – torneio disputado entre o campeão da Libertadores e o vencedor da Sul-Americana- a equipe de Levir Culpi saiu na frente no primeiro duelo com o Lanús-AR e precisou segurar o resultado no jogo de volta, para faturar o título. E o lateral Alex Silva se espelha justamente neste jogo para que o Galo garanta a conquista inédita da Copa do Brasil.

"Me lembrei dessa final contra o Lanús, pois é uma situação parecida. O Atlético tinha vencido o jogo de ida, mas o adversário não se entregou e endureceu na decisão. Nosso time mostrou a superação de sempre, conseguiu fazer dois gols na prorrogação e comemorar o título. Para mim, foi especial, pois foi minha primeira conquista desde que subi para o profissional. O Mineirão estava um caldeirão naquela noite e, no banco de reservas, a vibração tava igual à das arquibancadas. Acho que, amanhã (quarta-feira), podemos usar esse jogo como uma motivação a mais, para jogar bem até o final e não desistirmos de tentar fazer gols. Estou muito feliz de fazer parte desse grupo e estar ao lado de jogadores de tanta qualidade. Tomara que a gente consiga essa Copa do Brasil, pois o Galo está fazendo por merecer" disse.

Alex Silva também lembra que está é uma final inédita entre os mineiros, e apesar da vantagem atleticana, o Cruzeiro deve ir pra cima, para buscar o resultado e por isso, o Atlético terá que saber administrar a vantagem do placar. Além disso, o jovem jogador também se diz preparado para entrar em campo, caso Levir Culpi precise dele.

"Todos nós sabemos que é uma final única, em que o campeão vai se orgulhar para sempre. Mas, no nosso caso, é ainda mais importante, porque pode já garantir nosso time na Copa Libertadores. É uma competição que pude jogar pela primeira vez, neste ano, e foi marcante para mim. Então, temos essa chance de ganhar em cima do maior rival e ainda classificar para a terceira Libertadores seguida. Amanhã (quarta-feira) vou estar com esse pensamento e, caso o Levir precise, vou entrar para fazer de tudo para a gente finalmente conquistar a Copa do Brasil,” concluiu o lateral.

A finalíssima da Copa do Brasil entre Cruzeiro e Atlético será nesta quarta-feira, às 22h, no Mineirão. Como o Galo venceu o primeiro jogo por 2 a 0, o Cruzeiro só fatura a taça se vencer por três gols de diferença. Um placar de 2 a 0 para a equipe celeste leva a disputa para os pênaltis. 

Leia tudo sobre: copa do brasilalex silvaatleticocruzeiromineiraorecopalanus