Ato combate violência contra as mulheres

A iniciativa foi realizada pela primeira vez em 2000, em São Paulo, e, desde então, já passou por algumas cidades do Brasil, do Uruguai e da Espanha

iG Minas Gerais | Da redação |

Performance ocorreu na Savassi, no início da noite de ontem
FERNANDA CARVALHO / O TEMPO
Performance ocorreu na Savassi, no início da noite de ontem

O Dia de Combate à Violência contra a Mulher foi lembrado nesta terça à noite, na praça da Savassi, na região Centro-Sul da capital. Cerca de 60 mulheres vestidas de noiva desfilaram e fizeram uma encenação para chamar a atenção das pessoas para o assunto.

Segundo a idealizadora da ação, a artista plástica Beth Moysés, as noivas simbolizaram todas as mulheres que sofreram violência doméstica. Para reforçar essa ideia, elas caminharam silenciosamente pela praça da Savassi, levando luvas brancas transparentes nas mãos, e, depois, sentaram-se em círculos para bordar as luvas – momento que, de acordo com a artista plástica, recordou todo sofrimento vivido pelas vítimas. “Quanto mais se fala no tema, mais as pessoas que sofrem abusos se sentem fortes”, comenta Beth.

A iniciativa foi realizada pela primeira vez em 2000, em São Paulo, e, desde então, já passou por algumas cidades do Brasil, do Uruguai e da Espanha. As imagens ficarão expostas na galeria Murilo Castro, na Savassi, até 20 de dezembro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave