Messi marca três e se torna artilheiro isolado da Liga dos Campeões

Agora, o hermano acumula 74 gols em todas as edições do torneio, enquanto Raúl, hoje no New York Cosmos, dos Estados Unidos, tem 71 gols

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Argentino conduziu Barça à mais uma vitória no Espanhol
BARCELONA/DIVULGAÇÃO
Argentino conduziu Barça à mais uma vitória no Espanhol

O argentino Lionel Messi ultrapassou o espanhol Raúl, ex-atacante do Real Madrid, e se tornou o artilheiro isolado da história da Liga dos Campeões nesta terça-feira (25). O argentino marcou três gols na vitória do Barcelona sobre o Apoel por 4 a 0 no GSP Stadium, no Chipre, pela quinta rodada do Grupo F da Liga dos Campeões. Agora, Messi acumula 74 gols em todas as edições do torneio, enquanto Raúl, hoje no New York Cosmos, dos Estados Unidos, tem 71 gols na maior competição interclubes do mundo. O português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, tem 70. No sábado (22), o argentino havia conquistado outro recorde. Messi marcou três gols na vitória de 5 a 1 Barcelona sobre o Sevilla e superou Telmo Zarra, jogador que defendeu o Athletic Bilbao, que ficou com 251. O recorde antigo estava em vigor desde 1955, quando Zarra se aposentou do futebol. Com a vitória sobre o Apeol, o Barcelona chegou a 12 pontos no grupo, mas continua na segunda colocação já que o clube francês Paris Saint-Germain venceu o Ajax por 3 a 1 em partida realizada no mesmo horário. Ambas as equipes já estão classificadas para a fase mata-mata da competição. Na sexta e última rodada da primeira fase, o Barcelona e Paris Saint-Germain se enfrentam no Camp Nou, no dia 10 de dezembro. O time francês joga pelo empate para se manter na primeira colocação do grupo. Também no dia 10, o Apoel enfrenta o Ajax na Amsterdã Arena.

Leia tudo sobre: messibarcelonalifa dos campeoesfutebol