Estudo aponta Atlético com quase 90% de chances de faturar a taça

Cálculos foram feitos por professores de matemática da UFMG. Resultado do primeiro jogo é o fator que mais pesa a favor do Galo

iG Minas Gerais | Diego Costa |

Luan abriu o placar para o Atlético no clássico aos 8 minutos de jogo
LEO FONTES / O TEMPO
Luan abriu o placar para o Atlético no clássico aos 8 minutos de jogo

Se depender da matemática, o atleticano já tem motivos para comemorar. A vitória por 2 a 0 na primeira partida  deixou o Galo com cerca de 90% de chances de levar a taça da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no Mineirão. O dado é fruto de um estudo feito por um grupo de professores do curso de Matemática da UFMG. 

Vários fatores foram levados em consideração para se chegar ao resultado. Além dos números da própria Copa do Brasil, o cálculo abarcou os índices dos dois clubes no Campeonato Brasileiro. Coordenador do projeto de extensão Probabilidades no Futebol Brasileiro, o professor Gilcione Nonato explica como se deu o levantamento. 

"Não é uma certeza, é uma análise fria dos números. O resultado do primeiro jogo é muito importante para o cálculo. São vários fatores levados em consideração. Um deles é média de gols sofridos pelos dois times quando jogam em casa. Enquanto o Atlético sofreu apenas dez gols como mandante, o Cruzeiro levou 16. A Raposa tem um time mais homogêneo, mas o ataque do Galo está melhor", apontou o professor. 

Para ele, pesa o fato de o Cruzeiro não ter marcado gols na primeira partida, no dia 12 de novembro, na Arena Independência. 

"O Cruzeiro não fez gol no Horto. O Atlético pode fazer os gols no Mineirão, isso pelo que já fez durante a campanha na Copa do Brasil. Para o time celeste ser campeão terá de vencer por 2 a 0 ou golear o Galo, o que, matematicamente, é mais complicado. Por isso, fica com cerca de 10% de probabilidade de ficar com o título", completou. 

 

Leia tudo sobre: AtléticoGaloCruzeiroRaposamatemáticanúmerostítuloCopa do Brasilmegaclássicofinaldecisãoprobabilidade