EUA revisam para 3,9% o crescimento da economia no 3º trimestre

Alta em relação à primeira estimativa foi puxada por resultados melhores no consumo das famílias e no investimento privado (não-residencial)

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O crescimento da economia dos EUA no terceiro trimestre foi mais forte do que o estimado anteriormente, segundo a primeira revisão dos dados divulgada nesta terça-feira (25) pelo Departamento do Comércio.

O PIB (Produto Interno Bruto) norte-americano teve alta anualizada de 3,9% entre julho e setembro, maior que os 3,5% da primeira leitura, anunciada em 30 de outubro. O dado é bem melhor do que o esperado por analistas do mercado, que previam uma redução para 3,3%.

Com o aumento de 4,6% do PIB (Produto Interno Bruto) registrado no segundo trimestre, a economia americana teve seu melhor semestre de crescimento desde os últimos seis meses de 2003.

A divulgação do PIB dos EUA costuma ocorrer em três fases: a primeira estimativa, divulgada um mês após o término do trimestre, e outras duas revisões (nos dois meses seguintes). A segunda e última revisão será divulgada em 23 de dezembro.

Consumo

A alta em relação à primeira estimativa foi puxada por resultados melhores no consumo das famílias e no investimento privado (não-residencial).

Os gastos dos consumidores cresceram 2,2% segundo os dados, ante 1,8% divulgados anteriormente. O investimento privado subiu 7,1%, ante 4,7% na primeira leitura.

O aumento foi parcialmente compensado por uma redução nos dados sobre as exportações, outra grande contribuição para o crescimento do PIB: a alta foi de 4,9%, contra 7,8% estimados antes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave