Policial de UPP é encontrado morto e com sinais de tortura no Rio

O corpo do soldado foi encontrado no porta-malas do seu próprio carro; ele estava de folga; perícia investiga se os assassinos sabiam que ele era da corporação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um policial militar foi encontrado morto com sinais de tortura dentro de um carro em Bangu, zona oeste do Rio, na noite dessa segunda-feira (24).

Ryan Procópio, 23, era soldado da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) Vila Kennedy, favela que fica na mesma região. O corpo foi encontrado no porta-malas do carro do próprio PM, um Honda Fit preto.

Segundo a CPP (Coordenadoria de Polícia Pacificadora), ele foi surpreendido por homens armados enquanto dirigia pela estrada do Taquaral, por volta das 22h. Procópio percebeu que seria abordado por eles e conseguiu ligar para um amigo, que avisou a polícia. Quando os policiais chegaram, o soldado já estava morto. O policial estava de folga. A perícia investiga se os assassinos sabiam que ele era da corporação.

O PM estava na corporação desde junho de 2013. O sepultamento do soldado Ryan Procópio será nesta terça-feira (25) às 16h, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, zona oeste do Rio.

Leia tudo sobre: MortesoldadopolicialUPPRio de JaneiroBanguTorturaBrasilcrimeinvestigação