Fundação vai avaliar danos a ‘pirulito’ na praça Sete

Obelisco foi atingido no domingo por um motociclista, que teve ferimentos graves e está internado

iG Minas Gerais | Cinthia Ramalho |

 Um dos postes de iluminação do monumento foi derrubado com a força do impacto da moto
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Um dos postes de iluminação do monumento foi derrubado com a força do impacto da moto

A Fundação Municipal de Cultura vai fazer uma vistoria para avaliar os estragos em parte do obelisco da praça Sete, um dos monumentos mais conhecidos da cidade, no coração do centro de Belo Horizonte. Ele foi atingido por uma motocicleta neste domingo. Com a batida, foi derrubado um dos postes de iluminação de concreto que rodeia o monumento. O motociclista teve ferimentos graves.

Conforme informações da Polícia Militar (PM), Gabriel Milanês de Carvalho, 31, teve fraturas na perna esquerda, na clavícula e na mandíbula e está internado no Hospital João XXIII. Segundo uma amiga da família, que pediu para não ser identificada pela reportagem, ele não se lembra de como aconteceu o acidente.

No fim a tarde desta segunda, o hospital informou que o homem estava estável, consciente e respirava sem a ajuda de aparelhos, mas não havia previsão de alta. O caso foi encaminhado para o Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais.

O obelisco, bem cultural conhecido como “pirulito”, é tombado como património arquitetônico de Belo Horizonte. Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, os reparos necessários ainda serão avaliados.

Ainda com informações do Executivo, após a vistoria será entregue um laudo técnico estabelecendo as diretrizes para a recuperação do monumento. Custos e responsabilidade serão apontados nesse documento, que ainda não tem previsão de ser entregue. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave