Atlético confirma pagamento de ingressos e novo documento do STJD

Diretor Jurídico do Atlético afirmou que clube efetuou pagamento e não recebeu as entradas

iG Minas Gerais | Lohanna Lima |

Torcedor atleticano terá que pagar R$ 1.000,00 pelo ingresso
Torcedor atleticano terá que pagar R$ 1.000,00 pelo ingresso

O Atlético informou, na tarde desta segunda-feira, por meio de seu diretor jurídico, Lásaro Cândido da Cunha, ter  pago ao Cruzeiro os 1.854 ingressos destinados ao Atlético, pelo segundo jogo da copa do Brasil,  e que as entradas não foram liberadas pelo clube celeste para comercialização.

“O Cruzeiro está sendo irônico, fazendo deboche, e continua descumprindo a decisão dos 10% e agora, também, da disponibilização dos ingressos. Nós efetuamos o pagamento por volta do meio-dia e não recebemos as entradas”, disse Lásaro ao O Tempo.

O Cruzeiro afirmou à Polícia Militar, nesta manhã, que já havia vendido 40 mil ingressos para a decisão e   e que ainda dispunha de 10 mil lugares aleatórios para disponibilizar. Por questão de segurança, a PM decidiu manter apenas o Setor Roxo, único lugar onde poderia haver a concentração dos atleticanos. Sendo assim, o número de torcedores do Atlético ficou estipulado em 1.854.

“Assim é muito fácil, o mandante vende os ingressos e depois diz que não tem mais como liberar um setor para o visitante, Recebemos, no fim desta tarde, outra ordem do STJD que obriga o Cruzeiro a cumprir o regulamento”, disse. Caso o Cruzeiro não disponibilize os 10% a multa pelo descumprimento pode variar de  R$100 a 100 mil reais.

Procurada pela reportagem, a  assessoria de comunicação do Cruzeiro informou não saber da realização do pagamento, uma vez que a informação é de que a mesma seria realizada após a divulgação do laudo técnico da Polícia Militar. Sobre novo documento do STJD, o Cruzeiro também informa não ter recebido nenhuma notificação do órgão. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave