Muricy pede apoio da torcida e diz que Pato e Kardec são dúvidas

Treinador quer que os são-paulinos façam do Morumbi um caldeirão, para ajudar o tricolor a conquistar a vaga na final da Sul-Americana

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Muricy Ramalho já analisa em quais locais São Paulo poderá jogar por conta da punição aplicada pelo STJD
Site oficial/Divulgação
Muricy Ramalho já analisa em quais locais São Paulo poderá jogar por conta da punição aplicada pelo STJD

O técnico Muricy Ramalho lembrou da pressão exercida pela torcida colombiana na vitória do Nacional de Medellin para cobrar a participação dos torcedores são-paulinos na quarta-feira (26), no estádio do Morumbi, na partida decisiva da semifinal da Copa Sul-Americana.

"Eu espero que a torcida do São Paulo compareça e nos ajude porque lá na Colômbia os torcedores ajudaram demais o time deles. Nós vamos brigar muito pelo título", disse o treinador em entrevista concedida após a vitória sobre o Santos, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).

Questionado sobre a possível ausência de Alexandre Pato, que pediu para sair após sentir lesão no jogo de domingo, contra o Santos, Muricy disse que a situação requer cuidados. "Ele caiu mal, atingindo uma parte complicada. E, se pediu para sair, é porque pode ser coisa séria."

Sobre Allan Kardec, também dúvida para o jogo decisivo, Muricy lembrou que seus jogadores estão "sem condição de jogo". "Eles estão no limite físico e mental. De um mês para cá, a gente só joga e viaja. Jogar duas competições fechando o ano não é fácil. E a cada jogo a gente perde um jogador."

O treinador elogiou os jogadores que, mesmo com as dificuldades da temporada, voltaram a "orgulhar o torcedor". "Esse grupo é fantástico. Voltou a vestir a camisa do clube com orgulho. Eu sempre digo para eles que a gente tem que ser diferente do que foi ano passado. E eles estão acreditando nisso."