Ricardo Goulart brilha na reta final e Cruzeiro conquista o tetra

Nos últimos quatro jogos, Goulart foi decisivo e deixou sua marca

iG Minas Gerais | Daniel Ottoni |

Goulart é o atual artilheiro isolado do Brasileiro, com oito gols
douglas magno
Goulart é o atual artilheiro isolado do Brasileiro, com oito gols

Aparecer bem e se destacar em um jogo decisivo é algo inesquecível. No entanto, o brilho em uma partida importante para aparecer para qualquer um, por mais merecedor que seja. Ricardo Goulart mostrou que tem estrela e seu mérito foi além do gol marcado contra o Goiás, neste domingo, no Mineirão. Depois do belo cruzamento de Mayke, ele mostrou oportunismo para abrir o placar de cabeça e encaminhar o quarto título do Campeonato Brasileiro, o segundo consecutivo.

A influência do jogador no bom momento do Cruzeiro é difícil de ser questionada. Nos últimos quatro jogos do time, contra Criciúma, Santos, Grêmio e Goiás, ele deixou sua marca e mostrou um eficiente poder de finalização. Quando o time precisou, lá estava ele para dar sua contribuição, seja com gols, assistências ou 'simplesmente' com sua aplicação tática.

As boas atuações não vêm de hoje e a convocação para a seleção brasileira veio para justificar o melhor momento da carreira do jogador, que por pouco não acertou com o rival Atlético, antes de chegar à Toca da Raposa. A coroação do que ele vem fazendo chega com a presença de mais uma taça no currículo.

Mais que gols, Goulart tem aparecido na criação de jogadas, sendo um suporte para Everton Ribeiro na parte ofensiva. Marcelo Moreno, Willian e cia. agradecem.

Nos dois últimos jogos fora de casa, contra Santos e Grêmio, o Cruzeiro contou com sua marca de artilheiro para sair dos confrontos vitorioso. Se não fosse por Goulart, o quadro poderia ser outro.

O jogador, com o gol contra o Goiás, chegou aos 15 gols no Campeonato Brasileiro, igualando a marca do palmeirense Henrique, maior goleador do torneio. Não satisfeito, ele quer mais e pode aumentar sua contribuição na quarta-feira, em jogo decisivo da final da Copa do Brasil.

Regular e eficaz, Goulart se mostra, a cada jogo, importante peça no elenco de Marcelo Oliveira. Sua manutenção no elenco certamente será uma das prioridades na gestão de Gilvan de Pinho Tavares. Sua perda seria sentida e um substituto à altura dificilmente será encontrado no atual cenário no futebol brasileiro. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave