Maluf poderia ter engordado a votação de coligação

iG Minas Gerais |


O PP teria os votos de Paulo Maluf se a matéria estivesse aprovada
WILLIAM VOLCOV
O PP teria os votos de Paulo Maluf se a matéria estivesse aprovada

Mesmo enquadrado na lei da Ficha Limpa, Paulo Maluf (PP) foi às urnas e, se não tivesse votos anulados, seria o reeleito deputado federal por São Paulo como o oitavo mais bem colocado nas urnas.

Apesar de ter registro indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Maluf recebeu 250.810 votos. Se sua candidatura fosse válida, ele teria sido o mais votado da coligação formada por PP, PMDB, PSD e PROS.

Juntos, os partidos da chapa de Maluf receberam 2.384.740 registros nas urnas. Com os votos do parlamentar, a conta subiria para 2.635.550, um aumento de 10,5%.

O pepista foi considerado ficha suja por ter sido condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) por improbidade administrativa no processo que trata da construção do túnel Ayrton Senna, quando Maluf era prefeito da capital paulista.

A decisão da Corte apontou Paulo Maluf como responsável pelo superfaturamento de R$ 200 milhões da obra. (GR).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave