Investimento alto em busca do visual ideal

iG Minas Gerais |

Mesmo sem grana ou fama, não são poucas as bandas cover que investem pesado em visual, instrumentos e performances para ficar iguais aos ídolos. Os integrantes da banda Kiss Alive, por exemplo, gastaram R$ 1.500 para comprar as botas originais de 18 cm de altura usadas pela banda. “As roupas eu mandei fazer numa costureira, a maquiagem aprendemos também a reproduzir com perfeição, mas as botas em nenhum lugar tinha. Tivemos que comprar no site oficial e gastar essa nota”, revela o baixista Rafael Dinamarque.

Com a aparência bem parecida às feições de Dave Grohl, o vocalista Rafael Giácomo, da Monkey Wrench, não se contentou em ter apenas o cabelão, a voz imponente e todo o estilo do vocalista do Foo Fighters. Para tanto, ele reproduziu tatuagens idênticas às que Dave têm nas pernas e nos braços.

“Quando deixei o cabelo e a barba, a galera da banda já achava que tínhamos atingido um nível muito legal de cover, levando aos fãs o Dave Grohl de verdade. Depois que gastei R$ 2.000 nas tatuagens – duas penas nos braços e uns símbolos numa perna –, meus amigos acharam que eu tinha enlouquecido. Mas, no show, os fãs do Foo Fighters piram”, diz. (LS)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave