Cada passo é uma conquista

Alice Wegmann, de 19 anos, se mostra extremamente crítica ao próprio trabalho

iG Minas Gerais |

Alice conta que a oportunidade em “Malhação” abriu portas para outros papéis
Isabel Almeida/CZN/Divulgação
Alice conta que a oportunidade em “Malhação” abriu portas para outros papéis

Em um primeiro momento, a pouca idade e as feições delicadas de Alice Wegmann podem confundir. Mas a atriz, que interpreta a divertida Daniele, de “Boogie Oogie”, da Rede Globo, não tem nada de imatura ou frágil. Muito pelo contrário, ela mostra firmeza no olhar que contrasta com o sorriso doce e evidencia que tem plena convicção de seus passos. Aos 19 anos, ela encara sua quinta novela, após sucessos como “Malhação”, “A Vida da Gente” e a primeira fase de “Em Família”, no qual viveu a vilã Shirley. “Sou bastante autocrítica, mas tento não me exigir muito. Sou nova, ainda estou aprendendo. Não posso me comparar com grandes atores. Mas, claro, me cobro muito”, dispara ela.

Depois de uma passagem na temporada de 2010 de “Malhação”, Alice fez teste e acabou conseguindo um papel em “A Vida da Gente”, exibida em 2011. “Fiz ginástica olímpica por oito anos. Isso me ajudou muito a interpretar uma tenista”, relembra a época em que deu vida à sofrida Sofia no folhetim. O bom desempenho na novela das seis rendeu a ela a oportunidade de voltar para “Malhação”. Mas, dessa vez, como protagonista. “A Lia, com certeza, foi a personagem que me abriu mais portas”, diz.

A temporada de 2012 da trama juvenil, a propósito, foi uma das mais bem-sucedidas de sua história recente. Para interpretar uma jovem cheia de angústias e sentimentos até então desconhecidos, a preparação foi especial. “Fazíamos um exercício em que várias pessoas ficavam me segurando, me prendendo, para eu descobrir a raiva que ela sentia”, diz.

Horário nobre

Mais uma vez, o sucesso de uma novela puxou Alice para o seu trabalho seguinte. Logo no fim da temporada de “Malhação”, a atriz soube que ia ganhar um papel na primeira fase de “Em Família”. “Apesar de terem sido só oito capítulos, era uma novela das nove. E uma personagem com muita repercussão”, relembra. Em meio às gravações, ela foi convidada para “Boogie Oogie”. “Nem acreditava que as oportunidades estavam chegando. Foi tudo em uma velocidade que eu não esperava”, diz.

Apesar de ser uma novela que remonta os anos 70, Alice considera que Daniele é a que mais se aproxima de sua realidade. “Ela é tranquila e solar”, garante.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave