Maluf detona árbitro Péricles Bassols: "sem capacidade e inseguro"

No primeiro tempo, juiz deixou de marcar um pênalti claro após um verdadeiro 'bloqueio' de Gilberto dentro da área

iG Minas Gerais | da redação |

Eduardo Maluf acredita no sucesso do Atlético em 2014 após manter base da última temporada
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Eduardo Maluf acredita no sucesso do Atlético em 2014 após manter base da última temporada

Na noite deste sábado, o Atlético acabou derrotado pelo Internacional por 2 a 1, no último minuto do duelo disputado no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. Mas a partida ficou marcada por uma arbitragem bastante polêmica de Péricles Bassols, que no primeiro tempo deixou de marcar um pênalti claro após um verdadeiro 'bloqueio' do lateral Gilberto dentro da área.

No fim da partida, o diretor de futebol do Atlético, Eduardo Maluf, veio a público externar o descontentamento do clube com a atuação do juiz, não só pelo lance da penalidade não assinalada, mas também por uma série de fatores, entre eles inversões de faltas.

"Quero aqui colocar o nosso descontentamento com a arbitragem. Um assunto que vem se falando o campeonato todo, mas que nós só viemos comentar agora. O Péricles é um juiz FIFA, que estaria apto para apitar jogos internacionais, de competições sul-americanas, mas ele não tem capacidade para apitar o Brasileiro. Ele é um árbitro inseguro, que na hora do pênalti colocou o apito na boca e não teve coragem de fazê-lo. E não foi só isto, no segundo tempo, ele inverteu todas as faltas", disse.

O dirigente também criticou a figura do quarto árbitro Marcio Coruja, o mesmo que recebeu críticas de Felipão na derrota do Grêmio para o Cruzeiro na quinta-feira.

"Assisti na quinta-feira a entrevista do Felipão falando sobre o quarto árbitro, e realmente é impressionante o que este rapaz faz. Ele quer mandar mais que o juiz, ele mostra que realmente tem um poder grande aqui, no Sul. O Atlético foi extremamente prejudicado. Isto é uma coisa preocupante. Não pode ter um juiz, dois árbitros, dois assistentes e ter o monte de erros que têm. O Atlético foi prejudicado queremos deixar isto com vocês (imprensa)", finalizou o dirigente.