Em jogo de arbitragem polêmica, Galo vacila no fim e sai do G4

Com o gol sofrido nos acréscimos, time alvinegro deixou o grupo dos quatro primeiros colocados; Levir optou pela escalação de uma equipe reserva

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

RS - BRASILEIRÃO/INTERNACIONAL E ATLÉTICO MG - ESPORTES
RS - BRASILEIRÃO/INTERNACIONAL E ATLÉTICO MG - ESPORTES - Lance durante partida entre Internacional RS e Atlético MG válida pela Série A do Campeonato Brasileiro 2014 no Estádio Beira Rio em Porto Alegre (RS), neste sábado (22).
 
Foto: JEFERSON GUAREZE/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
FUP20141122610 - 22/11/2014 - 19:50
JEFERSON GUAREZE/FUTURA PRESS/ES
RS - BRASILEIRÃO/INTERNACIONAL E ATLÉTICO MG - ESPORTES RS - BRASILEIRÃO/INTERNACIONAL E ATLÉTICO MG - ESPORTES - Lance durante partida entre Internacional RS e Atlético MG válida pela Série A do Campeonato Brasileiro 2014 no Estádio Beira Rio em Porto Alegre (RS), neste sábado (22). Foto: JEFERSON GUAREZE/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO FUP20141122610 - 22/11/2014 - 19:50

Em um confronto direto pelo grupo dos quatro primeiros colocados na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, o Internacional venceu o Atlético por 2  a 1, na noite deste sábado, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. O jogo foi válido pela 36ª rodada, e com o resultado o Colorado subiu para o terceiro lugar na tabela de classificação e tirou o alvinegro do grupo dos quatro primeiros colocados.

De olho no jogo da próxima quarta-feira, quando vai decidir a Copa do Brasil na final contra o Cruzeiro, o técnico Levir Culpi escalou o Atlético com apenas o goleiro Victor e o volante Josué entre os titulares. Como já havia acontecido nos confrontos contra Palmeiras e Figueirense, o treinador alvinegro apostou na base para armar o time, que neste sábado contou com o lateral-direito Alex Silva, o volante Eduardo e os atacantes Daniel, Dodô e Marion.

Apesar de não contar com seus principais jogadores, o Atlético fez um jogo equilibrado com o Internacional. Em sua única chance real no primeiro tempo, o  Colorado saiu na frente do marcador  aos 20 min com o atacante Rafael Moura após cruzamento de Jorge Henrique. Mas o Galo não se abalou e conseguiu a igualdade no marcador aos 24 min e uma cobrança de penalidade do atacante Dodô. Foi o quarto gol dele em quatro jogos com a camisa alvinegra.

Antes do fim do primeiro tempo, o Galo ainda reclamou de um pênalti não marcado pela arbitragem. Em uma bola na área, o lateral-direito Gilberto colocou a mão na bola, o juiz Péricles Bassols fez menção de dar a infração, mas acabou deixando o   lance seguir .

Na volta para o segundo tempo, o Atlético tentava cadenciar a bola e apostava nos contra-ataques para chegar ao gol adversário. Pressionado por sua torcida, insatisfeito com o futebol apresentado pela equipe, o Internacional tentava chegar com perigo nas bolas cruzadas na área. O Colorado criou duas boas chances com Rafael Moura que pararam em defesas do goleiro Vitor.

Com dificuldade para acertar o último passe, o  Galo jogava por uma bola no contra-ataque para buscar o segundo gol. O alvinegro quase conseguiu o seu objetivo aos 40 min quando Marion recebeu a bola na frente e finalizou para fora. Mesmo sem jogar bem, o Internacional acabou chegando ao gol da vitória aos 49 min. Fabrício recebeu na área e bateu sem chances de defesa para o goleiro Vitor.