América derruba Macaca e decisão do acesso fica para a última rodada

Para voltar à Série A, Coelho precisa de um resultado positivo contra os maranhenses e torcer por derrotas do Boa Esporte e Avaí

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

O América venceu a Ponte Preta por 1 a 0, na tarde deste sábado, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, e  levou para a última rodada da Série B a decisão da quarta vaga na elite nacional. Com o resultado, o alviverde chegou aos 58 pontos, um menos que o Boa Esporte, quarto colocado.

O América faz seu último jogo pela competição  no próximo sábado, no Independência, contra o Sampaio Corrêa. Para voltar a disputar a Série A depois de quatro anos, o Coelho precisa de um resultado positivo contra os maranhenses e torcer por derrotas do Boa Esporte e Avaí.

A Ponte Preta começou melhor a partida pressionando o América, que tinha dificuldades de sair com a bola dominada para o ataque. Apesar da pressão paulista, foi o Coelho quem teve a primeira chance de abrir o placar aos 6 min com Renan Oliveira. O meia arriscou da intermediária e acertou a trave.

Com mais posse de bola e chegando em velocidade pelas laterais, a Macaca esteve perto do gol e só não conseguiu o seu objetivo graças a duas grandes defesas do goleiro João Ricardo em finalizações do atacante Cafu e do meia Roni. O América só voltou a chegar com perigo nos acréscimos do primeiro tempo em uma finalização de Obina que passou próximo da trave direita.

Na volta para o segundo tempo, a Ponte Preta manteve a disposição ofensiva, mas foi o América que quase abriu o placar aos 4 min em uma finalização de Obina que acertou a trave. Diferente da etapa inicial, o Coelho conseguiu melhorar a marcação e trabalhar a bola para chegar com perigo ao ataque.

Para tentar melhorar a armação da jogada e ao mesmo tempo acertar  marcação, o técnico Givanildo Oliveira tirou Renan Oliveira para a entrada de Mancini e o lateral-esquerdo deu lugar ao zagueiro Renato Santos. A Ponte Preta continuou pressionando o América, que no contra-ataque, aos 26 min, fez o gol da vitória. Gilson cruzou da esquerda e Juninho foi tentar tirar e fez contra. Os minutos finais foram de pressão da Macaca, mas o Coelho segurou o vitória.