Marcelo Oliveira escala força máxima contra o Goiás

Única dúvida do treinador se resume à permanência de Nilton ou a volta de Lucas Silva ao meio-campo; Marquinhos e Ceará só devem retornar em 2015

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Neste domingo, contra o Goiás, o técnico Marcelo Oliveira quer sacramentar a conquista do tetracampeonato brasileiro. Portanto, nada de poupar jogadores. O comandante adiantou que irá escalar força máxima contra os esmeraldinos. Uma simples vitória é suficiente para jogadores, comissão técnica e torcida soltarem o grito de campeão no Mineirão.

A única dúvida do treinador se resume à permanência de Nilton ou a volta de Lucas Silva ao meio-campo. A tendência é que o treinador poupe Nilton em função do desgaste físico dos últimos jogos.

"Essa situação será definida. Mayke e Egídio vão jogar. O Nilton tem um desgaste de dois jogos, e é um jogador importante em bola aérea e combate. É provável que eu utilize o Lucas Silva”, afirmou Marcelo Oliveira.

Para o duelo deste domingo, o treinador ainda irá contar com a volta de Henrique, suspenso, e Marcelo Moreno, que esteve à serviço da seleção boliviana. Apesar disto, Marquinhos e Ceará sofreram problemas musculares no duelo com o Grêmio e, de acordo com o departamento médico, só devem retornar em 2015.

“A esperança é essa (confirmar o título no domingo). A possibilidade é boa e o adversário é difícil. Saímos para dois jogos importantes e dificílimos e nos mobilizamos muito. Não podemos achar que é uma coisa menor agora. É envolvente e com muita marcação para concretizar algo de sete ou oito meses”.

O Cruzeiro deverá enfrentar o Goiás com a possível escalação: Fábio; Mayke, Leo, Bruno Rodrigo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian e Marcelo Moreno.

Veja a lista de relacionados:

Goleiros: Fábio e Elisson Lateral-direito: Mayke Laterais-esquerdos: Egídio e Breno Lopes Zagueiros: Bruno Rodrigo, Léo, Alex e Manoel Volantes: Eurico, Lucas Silva, Henrique e Nilton Meias: Everton Ribeiro, Marlone, Júlio Baptista e Ricardo Goulart Atacantes: Dagoberto, Neilton, Judivan, Marcelo Moreno e Willian

Leia tudo sobre: cruzeiroraposacampeonato brasileiroforça máximagoiás