Farol alto faz veículo capotar e passageira de 26 anos morre

Acidente aconteceu na AMG-2420, próximo à cidade de Pratápolis; vítima fatal provavelmente estava sem o cinto de segurança

iG Minas Gerais | JOSÉ VÍTOR CAMILO |

Manter o farol alto em rodovias, atrapalhando a visibilidade de quem vem no sentido contrário, é considerado uma infração grave de trânsito, podendo levar a perda de 5 pontos na habilitação, multa de R$ 127,69 e até a retenção do veículo. Apesar disso, muitos motoristas ignoram a lei e foi justamente isso o que causou um acidente que tirou a vida de uma jovem de 26 anos, em Pratápolis, no Sul do Estado, no fim da madrugada deste sábado (22).

Conforme a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), eles foram notificados do acidente, que aconteceu na rodovia AMG-2420, por volta das 6h, quando ainda estava muito escuro. Duas mulheres estavam em um Ford Fiesta seguindo de Passos em direção ao município quando, na altura do km 02, cruzou com um veículo que seguia na direção contrária.

A luz alta teria atrapalhado a sua visibilidade e a levado a perder o controle da direção, capotando e saindo da pista. A passageira, de 26 anos, provavelmente estava sem cinto, uma vez que foi lançada para fora do veículo e morreu.

Ainda de acordo com a PMRv, a motorista, de 25 anos, sofreu apenas uma fratura no maxilar e foi socorrida à Santa Casa de Passos, sem risco de morte. O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML).  

Leia tudo sobre: acidentepratápolisamg-2420sul de minasfarol altojovemmorrebatidaCamila Fraga Nego