Dirceu poderá passar duas semanas em SP

iG Minas Gerais |

Dirceu poderá ficar em São Paulo até o próximo dia 2 de dezembro
Fabio Rodrigues Pozzebom/ Agenci
Dirceu poderá ficar em São Paulo até o próximo dia 2 de dezembro

BRASÍLIA. Condenado a sete anos e 11 meses por corrupção ativa no julgamento do mensalão, o ex-ministro chefe da Casa Civi José Dirceu – que atualmente cumpre pena em regime aberto em prisão domiciliar –, conseguiu uma autorização da Justiça para passar duas semanas em São Paulo.

O juiz Nelson Ferreira Júnior, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, atendeu ao pedido dos advogados de Dirceu para viajar entre São Paulo e Vinhedo – no interior, onde tem residência em um condomínio – entre os dias 18 de novembro a 2 de dezembro.

No pedido à Justiça, Dirceu argumentou que necessita viajar para cuidar melhor de seu escritório e negócios. O ex-ministro aproveitou para pedir também para passar o Natal em Passa Quatro, na região sul de Minas, onde vivem sua mãe e irmãos.

O Ministério Público se pronunciou contra as duas viagens. No entanto, o juiz da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal autorizou a ida a São Paulo e disse ser ainda cedo para decidir sobre viagem no período natalino.

“Tenho como suficientemente motivado e justificado o pedido de viagem do apenado, por ser de conhecimento público o seu desligamento do anterior emprego, mostrando-se necessária sua ida a São Paulo para tratar de assuntos administrativos da empresa por ele constituída”, disse o juiz em sua decisão.

Ferreira Júnior determinou, porém, que ao chegar em São Paulo e Vinhedo, José Dirceu deveria se apresentar imediatamente às autoridades policiais locais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave