Dólar fecha no menor valor em 16 dias e bolsa sobe mais de 5%

Expectativas sobre o anúncio da nova equipe econômica fez moeda norte-americana cair; dólar comercial encerrou a R$ 2,522; ações da mineradora Vale e da Petrobras subiram 7% e 12%, respectivamente

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Em meio a expectativas sobre o anúncio da nova equipe econômica, a moeda norte-americana caiu pelo quarto dia seguido e fechou no menor nível em mais de duas semanas. O dólar comercial encerrou esta sexta-feira (21) vendido a R$ 2,522, com queda de R$ 0,05 (-2,05%). O fechamento é o menor registrado desde o último dia 5, quando a cotação chegou a R$ 2,515.

Na mínima do dia, por volta das 16h, a moeda norte-americana chegou a ser vendida a R$ 2,515. A cotação, no entanto, diminuiu o ritmo de queda na última hora da sessão. O dólar encerrou a semana com queda de 3,04%. A divisa acumula valorização de 1,73% em novembro e de 6,96% no ano.

Após a reeleição da presidenta Dilma Rousseff, o dólar vinha registrando uma sequência de altas. Na última segunda-feira (17), a moeda fechou em R$ 2,601, no maior nível desde abril de 2005. Desde a terça-feira (18), no entanto, a cotação passou a cair e voltou a se aproximar de R$ 2,50.

O investidor teve ganhos na bolsa de valores. O índice Ibovespa, da Bolsa de Valores de São Paulo, encerrou o dia com alta de 5,02%, em 56.084 pontos. Apenas nesta semana, a bolsa subiu 8,33%, acumulando valorização de 2,67% no ano. O avanço foi impulsionado pelas ações da mineradora Vale e da Petrobras, que subiram 7% e 12%, respectivamente.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave