Fifa decide revisar relatórios da investigação de Copas de 2018 e 2022

Comissão Ética da Fifa decidiu revisar toda a investigação sobre os Mundiais

iG Minas Gerais | Folhapress |

Fifa revisará toda a informação da investigação sobre os Mundiais de 2018 e 2022, na Rússia e no Qatar
Fifa revisará toda a informação da investigação sobre os Mundiais de 2018 e 2022, na Rússia e no Qatar

Nesta sexta-feira (21), os presidentes dos órgãos de instrução e de decisão da Comissão de Ética da Fifa se reuniram em Zurique, na Suíça, e decidiram revisar toda a informação da investigação sobre os Mundiais de 2018 e 2022, na Rússia e no Qatar, respectivamente.

Tal decisão foi tomada tendo em vista as acusações de Michael Garcia, responsável pelas investigações, de que a Fifa teria interpretado mal seus relatórios.

"Os presidentes concordaram que é de suma importância que o Comitê Executivo da Fifa receba toda a informação necessária para avaliar as medidas necessárias, baseando-se no trabalho realizado pela Comissão de Ética da Fifa", diz comunicado da Fifa.

Desta forma, o órgão de investigação, presidido por García, entregará ao presidente da Comissão de Auditoria cópias integrais de todos seus relatórios. García queixou-se na semana passada que seu informe de 430 páginas havia sido reduzido a 42, desvirtuando suas conclusões.

A reunião em Zurique aconteceu após a Fifa informar na segunda-feira que apresentou denúncia à Justiça suíça por possível comportamento irregular de algumas pessoas em relação às eleições de Rússia e Qatar como sedes do Mundiais de 2018 e 2022.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave