Menino de oito anos teria sido abusado em escola de Juiz de Fora

Segundo a denúncia feita pela mãe do aluno, o abuso ocorreu na última quarta-feira (19) e o autor seria outro garoto, de 11 anos; a direção da escola afirma que não soube do ocorrido e que está à disposição

iG Minas Gerais | Breno de Araújo |

Um menino de oito anos teria sido abusado na Escola Estadual Batista de Oliveira, no bairro Costa Carvalho, em Juiz de Fora. Segundo a denúncia, feita pela mãe do aluno, na madrugada desta sexta-feira (21), o abuso teria acontecido na última quarta-feira (19), e o autor seria outro garoto, de 11 anos.

Segundo a mãe, por volta das 15h, durante o recreio, o menino entrou no banheiro e foi surpreendido por um garoto mais velho. Este o agarrou por trás, o molestou passando o órgão sexual por cima da roupa e ainda o ameaçou. Depois disso, a criança mais velha foi embora. Na denuncia, a mãe ainda relada que o garoto mais velho não estuda na instituição, ele teria pulado o muro e entrado na escola na hora do recreio.

O filho da denunciante foi encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro (HPS) onde foi feita a perícia. Segundo a Polícia Militar, o resultado do laudo foi inconclusivo, não houve sinais ou vestígios de relação sexual.

A Secretaria de Estado de Educação informou que a direção da escola não foi procurada para falar sobre o assunto e que está à disposição. Profissionais da Superintendência Regional de Ensino de Juiz de Fora (SRE) vão acompanhar o desenrolar do caso.

De acordo com a direção da Escola Estadual Batista de Oliveira, na última quarta-feira (19), nenhum aluno apresentou qualquer tipo de atitude que pudesse caracterizar violência no ambiente escolar. Ainda segundo a direção da escola, durante o recreio, sempre há profissionais acompanhando os alunos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave