Marcos Rocha 'revela' pilares do sucesso alvinegro no fim de temporada

O lateral afirma que o bom condicionamento físico dos jogadores vem garantido resultados positivos ao Atlético

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

Marcos Rocha sabe que seu papel pode ser importante em classificação à inédita final
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Marcos Rocha sabe que seu papel pode ser importante em classificação à inédita final

Enquanto a maioria das equipes brasileiras vêm sentindo na pele o reflexo da sequência pesada de jogos, o Atlético está 'voando' em campo. Com atuações convincentes, a última delas uma goleada inapelável frente ao rival Flamengo por 4 a 0, nessa quarta-feira, no Horto, a equipe alvinegra vem apresentando o melhor futebol do Brasil. Passes rápidos, tabelas, dribles e lances de efeito que têm feito o torcedor acreditar que a conquista da Copa do Brasil será o encerramento perfeito de um ano, que logo em seu início trouxe temores quanto ao destino do clube.

“O Carlinhos Neves e a fisiologia vem trabalhando bem e nos ajudando a recuperar rapidamente, ajudando a estar 100% nos jogos. Se não fosse esta batida pesada, de jogo em cima de jogo, o Atlético poderia estar em situação até melhor. Procuramos aproveitar ao máximo a estrutura que temos à nossa disposição para intensificar a parte física”, afirma o lateral-direito Marcos Rocha.

Além de não descuidar da parte física, a chave para o sucesso atleticano passa pela mudança de filosofia implementada pelo técnico Levir Culpi. Os pilares são simples e são explicados com o termo "futebol solidário". Todos estão cientes de suas obrigações, sejam elas defensivas ou ofensivas.

"A base de tudo isto é a humildade para marcar e ousadia para atacar. Conseguimos colocar na cabeça estes fundamentos, e isto vem ocorrendo nas partidas. A entrega e a determinação tem sido fundamental nos resultados”, finaliza Marcos Rocha.