Time de Pimentel ainda não tem raio-x

O Executivo, por meio de assessoria, garantiu que as informações passadas à comissão de transição de Pimentel não são superficiais e afirmou que o cronograma definido foi feito em consenso

iG Minas Gerais | Guilherme Reis |

Faltando cinco das 17 secretarias do Estado a serem visitadas pela comissão de transição de Fernando Pimentel (PT), a equipe do petista ainda não conseguiu fazer uma avaliação geral sobre o atual governo.  

De acordo com o coordenador do grupo de transição do Executivo a ser empossado em 2015, Marco Antônio Resende, o governo agendou por último o repasse das informações que julga serem as mais importantes: a situação financeira do Estado. A demora, segundo Resende, dificulta análise de outras áreas.

“Ainda não temos conclusões. Recebemos as informações sobre as áreas temáticas, como educação e saúde. São dados mais superficiais. Nós tentamos antecipar o acesso às finanças do Estado, mas o governo achou melhor este ser o último passo. Mas o cronograma está sendo cumprido”, explicou.

O Executivo, por meio de assessoria, garantiu que as informações passadas à comissão de transição de Pimentel não são superficiais e afirmou que o cronograma definido foi feito em consenso. “Foi acordado que as secretarias de Planejamento e da Fazenda, que tratam das finanças públicas, serão as últimas a terem informações liberadas, o que vai ocorrer no dia 28 de novembro”, disse o governo.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave