Anfavea confirma que IPI integral voltará em janeiro

Reunião do setor com Mantega definiu retomada do imposto

iG Minas Gerais | Ana Paula Pedrosa |

Automóveis. Preço dos carros novos deve aumentar a partir de janeiro com a volta do IPI integral
SAMUEL AGUIAR / O TEMPO 17/08/20
Automóveis. Preço dos carros novos deve aumentar a partir de janeiro com a volta do IPI integral

Brasília. O governo está decidido a recompor integralmente a alíquota do IPI para automóveis a partir de 2015, diz o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículo Automotores (Anfavea), Luiz Moan. Ele se reuniu com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que reafirmou a decisão do governo de voltar a alíquota para o valor normal, como já estava previsto.  

“A posição é de que há decisão do governo pela implementação da alíquota cheia do IPI em janeiro”, disse Moan. Mesmo com a alta do imposto, a Anfavea prevê que a venda de automóveis será maior em 2015 do que em 2014, mas ainda não tem um número projetado.

Em 1º de janeiro, a alíquota para os carros populares subirá de 3% para 7% e para os carros médios, o tributo subirá de 9% para 11% (no caso dos motores flex) e para 13% (a gasolina).

A decisão sobre repassar a alta do imposto integralmente para o preço final será de cada empresa, completa o presidente da Anfavea. Por outro lado, o consumidor ainda poderá encontrar unidades com IPI reduzido em janeiro. Isso porque se as concessionárias tiverem estoque de carros comprados em 2014, o imposto já foi cobrado pela legislação atual.

“Mas o melhor é antecipar a compra. É aquele ditado: quem chega primeiro, bebe água limpa, escolhe o modelo, a cor”, diz o presidente do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos de Minas Gerais (Sincodiv-MG) Camilo Lucian Hudson Gomes .

Crédito. Em novembro, as vendas estão superiores a 13 mil veículos por dia, resultado melhor do que em outubro, quando o indicador diário era superior a 12 mil unidades. O crédito foi fundamental para esse resultado e deve ser ainda mais decisivo a partir de agora. “Na última sexta-feira, tivemos a aprovação da nova lei de retomada do veículo, que premia o adimplente e possibilita redução do custo do financiamento”, diz.

Pornográfico. Recém-eleito presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), o espanhol naturalizado brasileiro Carlos Pastoriza assumiu a direção da principal entidade do setor de bens de capital do país atirando. Ele disse que as montadoras vêm recebendo “favores pornográficos”. “O Brasil é motivo de ‘chacota’ no exterior porque o brasileiro paga o dobro pelos carros feitos aqui”. 

Antes e depois

Carros populares: IPI subirá de 3% para7%

Carros médios flex: IPI subirá de 9% para 11%

Carros médios a gasolina: IPI subirá de 9% para 13%

Carros com motor maior do que 2.0 litros

IPI estava normal, não houve desconto: 18% para os flex e 25% para os movidos a gasolina.

Utilitários

IPI será reajustado de 3% para 4% a 8%.

Fonte: pesquisa

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave