Mão única em ruas vai ser debatida

Com o estacionamento ao redor do estádio proibido, os moradores reclamam que sofrem com carros nas portas de garagens ou em esquinas

iG Minas Gerais | Johnatan Castro |

O trânsito ruim também é uma das fontes de transtornos para os moradores do entorno do estádio do Mineirão em dias de jogos. Para amenizar a confusão gerada pela aglomeração de torcedores, a população levou para a BHTrans uma proposta de implantar mão única ao redor do estádio, no quadrilátero formado pelas avenidas Antônio Carlos, Abrahão Caram e Coronel José Dias Bicalho, além da alameda das Palmeiras. O trecho ainda pode ter vagas de estacionamento em 45 graus.  

A superintendente de ação da BHTrans, Maria Odila de Matos, afirmou que as alterações ainda são somente ideias. “É uma pauta de discussão com a comunidade. Isso não é uma coisa que pode ser feita de uma hora para outra”.

Com o estacionamento ao redor do estádio proibido, os moradores reclamam que sofrem com carros nas portas de garagens ou em esquinas. Mesmo sem intervenções imediatas previstas, Maria Odila ressaltou que o planejamento para a área é contínuo. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave