Linha 3 depende de outros órgãos

Quanto aos documentos faltantes, a Setop explicou que vem atendendo prontamente as solicitações da CEF e que providências dependem de órgãos ambientais e de patrimônio histórico, por exemplo

iG Minas Gerais | Bárbara Ferreira |

A Linha 3 do metrô da capital não está condicionada à transferência da CBTU para a Metrominas, segundo a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e o Ministério das Cidades. O órgão estadual informou que os projetos foram devidamente concluídos e entregues à União, para avaliação da Caixa Econômica Federal (CEF), e que aguarda recursos para iniciar a licitação.  

O ministério alegou, no entanto, que não foi comunicado sobre a entrega da documentação completa e que os recursos só podem ser liberados mediante o projeto completo, inclusive com justificativa de viabilidade.

Quanto aos documentos faltantes, a Setop explicou que vem atendendo prontamente as solicitações da CEF e que providências dependem de órgãos ambientais e de patrimônio histórico, por exemplo.

Prazos. Especialista em transporte e trânsito, Silvestre Andrade avalia que o tempo de cinco anos previsto para entrega das novas linhas é razoável em se tratando da Linha 3, mais complexa. Ele afirma, no entanto, que é possível concluir a obra da Linha 2 em cerca de dois anos. “Com até três anos, é possível colocá-la em operação”. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave