Cinema perde Mike Nichols

Vencedor do Oscar por “A Primeira Noite de um Homem”, diretor morreu aos 83 anos

iG Minas Gerais |

Filmografia. Entre 1966 e 2007, Mike Nichols dirigiu 19 longas-metragens
Dario Cantatore
Filmografia. Entre 1966 e 2007, Mike Nichols dirigiu 19 longas-metragens

Mike Nichols, ganhador do Oscar como diretor de “A Primeira Noite de um Homem” (1967), morreu aos 83 anos, informou ontem a rede de TV ABC News. “Ele era um verdadeiro visionário, ganhou os maiores prêmios por seu trabalho como diretor, roteirista, produtor e humorista, e foi um dos poucos que venceu o EGOT – Emmy, Grammy, Oscar e Tony – durante a carreira”, destacou o presidente da ABC News, James Goldston, durante a leitura do comunicado. Segundo a agência France Presse, o cineasta sofreu um ataque cardíaco.

Nichols foi indicado aos Oscars de melhor diretor em outras três ocasiões: “Quem Tem Medo de Virginia Woolf?” (1966), “Silkwood – O Retrato de uma Coragem” (1983), e “Uma Secretária de Futuro” (1988).

Nascido em Berlim em 1931, Nichols se mudou para os Estados Unidos com os pais quando tinha 7 anos e sua família escapava da Alemanha nazista.

Graduado na Walden School, em Nova York, sua dedicação ao mundo da arte começou no início dos anos 50 na Universidade de Chicago. Nessa época, ao mesmo tempo em que estudava medicina, se juntou a um grupo de comediantes liderado por Elaine May.

Seus últimos trabalhos para o cinema foram “Jogos do Poder” (2007), com Tom Hanks, Julia Roberts e Philip Seymour Hoffman, e “Closer: Perto Demais” (2004), com Natalie Portman, Jude Law e Clive Owen. Seu último Tony foi há dois anos, por sua revisão de “A Morte de um Caixeiro-Viajante” escrito por Arthur Miller.

Casado com Diane Sawyer, apresentadora da ABC News, ele deixa a mulher, os filhos Daisy, Max e Jenny e quatro netos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave